A Seleção, Kiara Cass | Resenha

SAM_1203 Depois de eu tanto infernizar a vida das pessoas, FINALMENTE eu ganhei A Seleção, da Kiera Cass. Já li e vim contar um pouco do que eu achei para vocês.

Pra começar eu quero falar dessa capa, GENTE PARA TUDO, QUE CAPA É ESSAAAA? Eu já nem gosto desses vestidos de princesa né, imagina que nem me apaixonei pela capa, hahaha. Na Bienal do ano passado, fui no stand da Editora Seguinte e tinha lá a “replica” dos vestidos para tirar foto, me apaixonei por todos mas só tirei foto com o azul e postei lá no Instagram. Quanto a leitura foi super tranquilo, o livro é curtinho, tem 357 páginas e eu li em 3 dias. SAM_1192 A história se passa em um reino que divide a população de acordo com o nível financeiro e o trabalho que cada família tem. Existem oito dessas divisões que são chamadas casta, ou seja, cada família tem sua casta. Quando mais alta essa casta for, melhor a situação financeira e menos trabalho a família vai ter, e quanto mais baixa essa casta for, exemplo a casta oito, mais a família vai trabalhar e vai ter menos dinheiro.

A personagem principal do livro é America Singer, que mora em Carolina e é da casta cinco. Ela namora com Aspen, um menino da casta seis, e como lei deles uma menina nunca deve se relacionar com alguém de casta menor que a dela, isso faz com que eles escondam o namoro de todos.

Quando o filho do rei, no caso o príncipe Maxon completa dezoito anos é tradição deles dar uma chance a garotas comuns serem princesas e se casarem com o príncipe. Para isso foi criado uma espécie de concurso, A Seleção, na qual as meninas de inscrevem para participar mas NÃO são obrigadas.

O que mais chama atenção na seleção para a família de America são as melhoras financeiras que aquilo trará para a família (não que ser uma princesa seja uma desvantagem), e é pensando nisso, na família e no pedido de Aspen, que ela se inscreve e as coisas começam a tomar um rumo diferente. SAM_1209 Assim, a história é bem legal principalmente esse negocio das castas e da monarquia, mas mesmo assim a autora devia sim ter dado mais atenção para o conjunto da história e não só para o romance dos personagens.

“Nossa Jackeline mais é um livro de romance, o que você esperava, guerra?” Talvez fosse isso que faltasse sim, um pouco mais de ação. Só por que é um romance não significa que não pode ter acontecimentos fora disso.

Um outro ponto que me incomodou demais foi os personagens. Tava mais pro drama que pra romance. Os personagens principais, America, Aspen e Maxon são muito dramáticos, nossa, eles fazem um drama gigante por muita pouca coisa. A America foi a que mais me irritou em questões de drama, ela chora por tudo, o que não é normal ara uma garota de 17 anos né? Vamos crescer, galera.

O final de A Seleção também não me agradou tanto como deveria, tudo bem que é uma triologia e preciso ler os outros dois livros, mas achei o final muito ponto de interrogação.

Finalizando a resenha eu darei nota 7 para o livro pelas razões que disse acima. Isso não quer dizer que eu não vá ler a triologia inteira, eu vou, mas não me faz colocar A Elite (segundo livro da triologia) no topo da minha wishlist.

SAM_1224

                          “Nem todas as garotas querem ser princesas”

Beijo, e até o próximo post.

A caçadora de Sonhos.

Anúncios

4 comentários sobre “A Seleção, Kiara Cass | Resenha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s