Crônicas da Bruna Vieira

Bruna Vieira, tem 20 anos, e nasceu numa cidadezinha de Minas Gerais, chamada Leopoldina. Quando tinha 15 anos, criou um blog para esquecer um garoto que gostava e desde aí não parou mais. Aos 17 anos, saiu da casa dos pais para morar sozinha e realizar seus sonhos. Hoje, é colunista da Revista Capricho, dona do Blog Depois dos Quinze (http://www.depoisdosquinze.com/) e também é escritora, já com 4 livros publicados.

A conheci em Agosto/14 na Bienal do livro e me apaixonei ainda mais. Além de linda, ela é suuuper atenciosa com todos os leitores, autografou, tirou foto e até acenou para a câmera que estava nos gravando, tá tudo no meu Instagram (http://instagram.com/jaackelineramos) corre lá!

Ela é inspiração pra mim. Me identifico muito com ela, por ela ser tímida, pela história dela não ser muito diferente da minha e enfim.Não desgrudo do blog, sou fã de carteirinha, e já li dois dos quatro livros publicados dela. Já que amo livros, cá estou eu para falar de seus livros ❤

O primeiro que li foi o Depois dos quinze.

Post imagem Bru 01

Sem dúvida alguma esse livro, é um dos melhores livros que eu já li, e que mudou muito meu jeito de pensar. Quando ela o escreveu tinha 18 anos, mas parecia que tinha pensamento de uma menina de 15. É muito incrível o jeito que ela escreveu, parecia que sabia da minha história, que sabia a minha situação no momento, parecia que éramos amigas de muito tempo já. Claro que isso tudo que eu disse é muito pessoal, mas acho impossível uma adolescente não se identificar com alguma crônica. Ah, além das crônicas tem alguns contos dela nesse livro, mas prefiro mil vezes as crônicas.

O segundo livro que li foi A Menina que Colecionava Borboletas.

PicMonkey Collage

Antes desse livro ser lançado ela lançou o “De Volta aos Quinze” que é um conto. E como já disse que prefiro mais as crônicas dela do que os contos que comprei esse primeiro, que são só crônicas. Mas isso não quer dizer que não vou ler os outros. Ela escreveu esse livro quando estava beirando seus 20 anos, e deu pra ver que ela amadureceu. Acho que não a mente, mas sim o modo de escrever sobre o que pensa. Nesse livro já foi mais difícil de me identificar com o texto inteiro, me identifiquei mais com algumas frases, ou parágrafos das crônicas.

10660079_602437113199842_8599157771354878499_n

Então é isso, assim que eu ler os dois outros conto pra vocês. Quem já leu algum desses?

Beijos, Jack.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s